DÍSPARES (2014)

Pefformance Audiovisual

 

Díspares é uma performance que traz reflecções sobre os afetos e o afetar na contemporaneidade. Uma performer tenta criar uma relação com fragmentos de espelho róbótico e sensorizado. À media que ela se aproxima ele torna-se mais frenético, e à medida que se distancia ele torna-se lento e apático. Os sons do corpo e do robô são amplificados. No fundo da tela há uma projeção de uma câmera ao vivo, presa no robô, e controlada pelo público, que revela um olhar subjetivo de fragmentos deste corpo. Os espelhos reverberam as imagens para diferentes lugares no espaço.

Escuridão completa. Nenhum feixe de luz. Brilho, lusco fusco. Espaço que não se vê, nota ou sente suas dimensões. Silêncio. Ausência absoluta de corpos orgânicos ou inorgânicos. Assepsia. Vazio. Falta completa de estímulo. Nada neste não espaço brota. Nasce. Cresce. Floresce. O eterno vazio estéril. O infinito não lugar por excelência.

 

Performer - Gabriela Bassani

 

 

 

 

 

 

 

I

Dísapares - 7mlC
Dísapares - 7mlC

Dísapares - 7mlC
Dísapares - 7mlC

Dísapares - 7mlC
Dísapares - 7mlC

Dísapares - 7mlC
Dísapares - 7mlC

1/15